Whey Protein

AFINAL O QUE É WHEY?

Whey é o primeiro nutriente que alguma vez você já consumiu. Ou seja, o colostro (primeiro leite da mãe) é composto quase que 100% por whey, representando um dos impulsionadores imunológicos mais fortes da natureza, que ajuda a proteger a saúde frágil dos neonatos.

Em sua forma original e bruta, o whey fresco integral produz no trato gastrointestinal o mesmo efeito do iogurte, e desde os tempos passados, ele tem sido considerado um agente de limpeza orgânica e um dos remédios para diversas desordens intestinais. O whey é um componente de todos os tipos de leite, sendo que o leite da vaca, o que representa um teor de 6,25% de proteínas, e desse total, 80% caseína e 20% whey.

Traduzindo como proteína do soro, é a parte aquosa do leite, que é separada da massa de caseína durante a produção do queijo. Ele representa 90% do leite, e é composto por água, lactose, proteínas, minerais e gorduras.

COMO É OBTIDO?

O soro do leite passa, então, por diversos processos, nos quais as gorduras e outros componentes de menor interesse nutricional são removidos, resultando em um concentrado protéico de altíssimo valor biológico – o whey protein.

Whey Protein

Uma das principais características do whey, é que ele é rico em partículas protéicas denominadas “peptídeos do soro” as quais representam a fonte de proteína de maior qualidade conhecida atualmente, maior até que os ovos, peixe, peru, carne vermelha, frango e principalmente a soja. A whey protein é bem menos suscetível à oxidação e à degradação por radicais livres do que as proteínas convencionais de origem animal.

Whey possui todas as vitaminas e minerais presentes no leite, e contém 70-80% de imunoglobulinas em sua composição, o que promove uma alta concentração de aminoácidos de cadeia ramificada (BCAA).

O QUE É VALOR BIOLÓGICO?

Mesmo que 1g de proteína corresponda em qualquer caso a 4 calorias, a quantidade de proteína que nosso corpo pode digerir e utilizar no processo de construção não é sempre 100%.

Na verdade, a fonte de proteína natural melhor digerível é o ovo, o qual tem uma utilização de 94%. Assim, como o ovo tem a melhor taxa de absorção e utilização dentre as formas naturais, ele ganhou a taxa de graduação 100, por onde se baseiam as graduações de todas as outras proteínas.

Valor biológico (VB) é a escala de graduação usada para determinar que porcentagem de uma determinada fonte nutricional é usada pelo corpo, utilizada para comparar diferentes fontes.

WHEY – O INGRIDIENTE DO SÉCULO 21

De acordo com estudos recentes, o uso constante de whey proporciona benefícios tais como o emagrecimento, rejuvenescimento dos tecidos, controle do apetite, aumento da resistência imunológica e até a diminuição da taxa de colesterol. Além dos benefícios já bem conhecidos, como o aumento da massa magra em desportistas, devido ao seu rico perfil nutricional de aminoácidos.

Whey Protein

O whey protein é a mais rica fonte de glutationa, o mais poderoso antioxidante natural presente no organismo. As frações peptídicas de whey apresentam a maior fonte conhecida de aminoácidos de cadeia ramificada BCAA.

DIETAS RICAS EM PROTEÍNA SÃO PREJUDICIAIS PARA OS RINS?

Não. Não se seus rins são normais de princípio. Inúmeros trabalhos e pesquisas científicas têm estudado esta questão sem que alguma publicasse resultados comprovados de que dietas com altas doses de proteína levem à deterioração da função renal em indivíduos saudáveis. Estudos relatam que indivíduos com consumo protéico maior que 100g ao dia, tem a mesma função renal que indivíduos com consumo de 30g de proteína/dia.

BENEFÍCIOS DO WHEY

  • Ajuda a manter a saúde intestinal devido a presença de prebióticos e probióticos naturais;
  • Melhora a absorção e retenção do ferro e zinco;
  • Otimiza a ação anti-virótica no trato gasto-intestinal;
  • Estimula o bom funcionamento do sistema imunológico;
  • Ajuda a construir ossos mais fortes por ser rica em cálcio.

TODO WHEY É IGUAL?

Whey Protein

Não. A tecnologia utilizada no processamento vai definir a qualidade do produto final obtido, que pode ser classificado em:

1 – WPC (whey protein concentrada): Normalmente obtida por ultra filtração, ou seja, um filtro que permite a passagem das moléculas menores como lactose, gordura e resíduos, e concentra as maiores (as proteínas). Esta tecnologia pode obter um concentrado de no máximo 89%.

2 – WPI (whey protein isolada): São concentrados com mais de 90% de proteínas, obtidos por dois processos: a micro filtração, onde filtros menores são utilizados, ou a troca iônica, processo considerado mais eficiente e que atinge 100% de pureza.

3 – WPH (whey protein hidrolisada): Tanto a WPC quanto a WPI podem ser hidrolisadas. A hidrólise é a quebra das moléculas de proteínas em peptídeos menores por processos enzimáticos ou químicos.

OBS: Para se produzir 1 kg de proteína concentrada são necessários 229 litros de leite. No caso dos whey proteins isolados, é necessário um volume quase 10 vezes maior, chegando a 2200 litros de leite para que se possa extrair 1 kg de whey 100% isolada.

Ainda não existem comentários.

Comente!