Treinando com uma lesão

Embora seja absolutamente necessário repousar uma área lesada para cicatrizá-la, um fisiculturista em treinamento para competição não pode simplesmente parar cada vez que ele apresenta uma distensão ou torção leve. Eles precisam descobrir um meio de continuar a treinar, evitando piorar a lesão.

Arnold Broken LegNão há um modo específico de fazer isso. É preciso experiência para descobrir quais movimentos agravam um problema e quais não o fazem. Ao treinar para o Mr. Olympia de 1980 eu lesionei meu ombro um pouco antes do concurso. Eu estava incapacitado de executar o supino convencional sem sentir dor. Contudo, eu descobri que eu podia fazer o supino com uma pegada fechada, com as palmas de frente, e eu pude continuar treinando os ombros sem piorar a lesão. Também é possível fazer o exercício isométrico com halteres.

Um fisiculturista que havia lesionado o antebraço e não podia fazer rosca com barra ou rosca no aparelho descobriu por tentativa e erro que ele podia fazer rosca martelo com halteres, com o antebraço em um ângulo determinado. Isso permitiu que ele continuasse treinando sem dor enquanto a lesão cicatrizava. Às vezes, pode trabalhar em torno de uma lesão do antebraço ou bíceps fazendo a rosca com barra W para modificar a posição das mãos.

As lesões de tríceps dificultam a maior parte dos supinos e rosca tríceps. Um exercício que freqüentemente ainda é possível, a despeito de uma distensão de tríceps, é o exercício com halteres porque há muito pouco esforço no tríceps até o final do movimento.

Freqüentemente, em caso de distenção leve, você ainda pode treinar a área lesionada se gastar bastante tempo aquecendo e alongando antes de trabalhar com uma resistência significativa.

Às vezes, é possível treinar em torno de uma lesão e outras não. Com certeza, no evento de uma lesão grave provavelmente é impossível continuar o treinamento como antes.

Apenas lembre-se, uma competição é apenas uma competição. Uma carreira é muito mais. E tentar treinar com uma lesão e piorá-la pode levar a problemas permanentes e incapacitantes que irão permanecer pelo resto de sua vida.

Ainda não existem comentários.

Comente!