Qual é a tua desculpa?

Não foram poucas as vezes que alguém veio discutir sobre treino comigo, e acabou no fim das contas com uma desculpa em cima da outra, para justificar os seus poucos ou nenhum resultado obtido nas últimas semanas, meses ou anos. Eu mesmo as vezes passo por períodos complicados com falta de tempo, e acabo deixando o treino meio que em segunda opção, ai também fico estagnado nos resultados. Quando me perguntam como está meu ritmo atual de treino, falo que estou mantendo, que em breve volto a força máxima, e esse em breve nunca chega.

Pois isso que tem acontecido comigo nos últimos 2 meses, mas de qualquer maneira eu não paro de treinar, jamais. Em determinados períodos é até bom aliviar o treino, fazer uma periodização, afinal não há ombros que aguente um treino pesado, dia a dia, por anos. Mas também não tem muito o que justificar, pois senão acaba virando no que? Mais uma desculpa.

Pauline Nordin
Na foto Pauline Nordin – Mesmo fotógrafo da série “A Jornada

Isso mesmo, mais uma velha desculpa esfarrapada como dizem. O dia tem 24 horas, se você dorme 8, sobram 16. Mesmo com trabalho, estudos, sobra tempo. E sobra tempo não só para o treino, e sim para se organizar, comer certo (ou pelo menos tentar fazer o mais certo) e treinar.

A breve e importante idéia e reflexão que quero passar é que sempre é possível estar no seu melhor, seja ele dentro do limite do seu possível. Chega de desculpas, estamos em Abril já, o ano passa rápido, e ultimamente parece que cada vez mais. Não pode tomar suplementos, está sem dinheiro? Coma. E coma bem. Pelo menos terá a certeza que não tem como “sub-dosarem” as proteínas de uma lata de atum, das claras de ovos, ou do peito de frango. O tempo anda curto? Bom. Vai a partir de agora aplicar intervalos de 45 s a 1 min entre séries e parar de ficar olhando para os lados e perdendo tempo, e as vezes precisando ir embora sem ter treinado decentemente, ou deixando exercícios para trás.

Crie objetivos em longo prazo, planeje sua vida em relação a musculação que as coisas acontecem. Eu mesmo estava refletindo uma coisa: Quando eu trabalhava vendendo suplementos o trabalho era puxado, além de atender tinha que receber mercadorias, e muitas. Por várias vezes chegavam mais de 100 caixas, tinha que abrir uma a uma, contar e ver se batia com a nota, dar entrada no sistema, guardar tudo, etc. Mesmo assim foi o período que tive melhores resultados na musculação na vida. Eu saia do trabalho e tinha uma hora para comer e estar na academia, pois treinava com um amigo. Isso já era tarde da noite, e mesmo assim os treinos eram excelentes. Saindo de lá e ia rapidamente para casa comer. Nada me atrapalhava, poderiam me convidar para o que fosse, mesmo se dissessem que Jesus estava me esperando, eu primeiro tinha que me alimentar decentemente.

Na verdade até hoje sou assim, mas essas desculpas a mim mesmo estavam me quebrando, pois quero voltar ao meu velho ritmo de treino, focado como sempre, e não estava conseguindo. A minha desculpa era de que não tenho tempo, preciso trabalhar, e o pensamento de que amanhã eu volto a treinar em um ritmo melhor, mudo o treino, amanhã, amanhã… e passaram 2 meses.

Com tantas pessoas com muito menos tempo que você, com menos recursos, menos dinheiro, conseguem manter um treino decente e constante, ter resultados, e você ai, com tudo ao seu alcance e sempre nessa barca furada, pensando que tem que ser milionário para ser grande, ou então que precisa tomar bomba o ano todo. Não é assim. Tudo conta é claro, mas o que mais importa é a sua organização dentro do seu limiar, e o seu querer que deve ser prioritário. Se colocar tudo na frente do treino não sairá do zero.

Então, se quiser compartilhar conosco com certeza será interessante. Agora pergunto, qual é a tua desculpa?

Ainda não existem comentários.

Comente!