Fazendo Poses

A execução de poses tem uma importância vital porque, após anos de treinamento duro, exercitando-se por muitas horas na academia e fazendo dieta com grande disciplina por 10 a 12 semanas, você pode ganhar ou perder um concurso com o mesmo corpo! Não é só o seu físico que está sendo avaliado; é o seu físico como você o apresenta aos juízes.

A chave da apresentação no fisiculturismo, bem como em outros esportes, é a preparação cuidadosa e detalhada. Os fisiculturistas precisam de preparo para garantir que o seu desempenho irá representar seus melhores esforços em um concurso de fisiculturismo – o seu “desempenho” é claro, sendo a capacidade de exibir seu físico com maior vantagem em frente aos juízes.

Uma vez eu fiz comentários para a TV para o Arnold Classic. Eu vi um fisiculturista subir e fazer a sua rotina e eu disse ao meu parceiro de comentário, “Sem essa, este cara não vai fazer nada neste concurso”. Quando eu olhava as suas poses no monitor por trás dos bastidores fiquei surpreso de ver músculos aparecendo em todos os lados. “De onde vem toda essa musculosidade” eu disse. “Eu mudei completamente de ideia a respeito deste competidor!”

Paul Dillet
Paul Dillet

Eu também vi acontecer o contrário. Quando eu vi pela primeira vez o enorme Paul Dillet nos bastidores em Columbus fiquei impressionado. Mas no palco, estava óbvio que Dillet não era capaz de posar seu físico maciço com mais vantagem e, ao mencionar isso para Joe Weider, ele me disse que Dillet havia começado a competir depois dos 20 anos, havia se qualificado como profissional no seu segundo concurso, e simplesmente não tinha tido tempo de desenvolver sua habilidade no palco de acordo com seu impressionante corpo. “Lembre-se,” Joe me disse, “quando Frank Zane ganhou seu primeiro título de Mr. Olympia ele já estava competindo a quase 15 anos. O tipo de controle e polimento pelo qual Frank era famoso levou muitos anos para ser aprendido, e é virtualmente impossível ter um desempenho deste nível sem muita experiência.”

Obviamente, muitos principiantes não sabem quanto eles têm que aprender quando se fala em posar. Posar pode parecer muito mais fácil do que é na verdade. Por exemplo:

  • Você tem que dominar cada uma das poses compulsórias individualmente.
  • Você tem que praticar essas poses até que tenha estabelecido um controle total sobre cada um dos músculos envolvidos.
  • Você precisa devotar muitas, muitas horas à pratica de modo que você consiga sustentar as poses por longos períodos de tempo sem sentir um cansaço exagerado, ou os músculos comecem a tremer ou desenvolver cãibras.
  • Você tem que criar uma rotina de poses individuais que melhor apresente as qualidades do seu físico.
  • Você tem que praticar a sua rotina até que possa fazer todas as transições entre poses com perfeita suavidade.
  • Você realmente tem que usar estas habilidades no palco porque apenas a experiência ensina a posar corretamente quando está sob pressão em um concurso real.
  • Além de trabalhar nas poses propriamente ditas, você precisa trabalhar na sua expressão facial. Parte da impressão que você causa aos juízes depende dela.

Executar e sustentar as poses em frente dos juízes é essencial. Mas você também tem que se conscientizar de que está posando durante todo o tempo em que está no palco. Foram inúmeras vezes que vi um fisiculturista que parecia estar indo bem ir para o fundo do palco e de repente começar a desmoronar, deixando o abdome salientar-se e destruir a boa imagem que ele havia criado.

Em um concurso de Mr. Olympia, Franco e eu estávamos de pé no fundo do palco e nós podíamos ver os outros competidores de pé que estavam próximos com seus abdomens tão protuberantes que pareciam estar grávidos. “Que horror,” eu disse a Franco, “ele não se parece com o seu aspecto habitual. Ele parece que é outro fisiculturista.” “Não,” Franco respondeu, “ele parece que engoliu outro fisiculturista!”

Além de ser capaz de posar, você tem que prestar atenção no seu aspecto geral. Os juízes não estão olhando apenas para os seus músculos e seus detalhes, eles estão olhando para você por inteiro – tudo, desde como você fica de pé, se move e faz poses, até o tom de sua pele, corte de cabelo, sunga e o seu comportamento. É neste ponto que a expressão facial se torna importante. Você parece confiante como um vencedor? Ou ansioso como um perdedor?

Pense em como um cantor usa a expressão facial para ajudar a passar a emoção de uma música. Quando você está no palco, você não é apenas um atleta mas também um artista. O fisiculturismo é um esporte mas também é um teatro. Você tem que ser não apenas bom, mas também tem que fazer os juízes notarem isso. O ponto não é fingir a expressão facial, mas realmente acreditar em você mesmo e deixar esta crença ser mostrada a todos na plateia.

Ainda não existem comentários.

Comente!