Como as competições da IFBB são conduzidas

Quando um fisiculturista faz uma exibição de poses ele simplesmente vai até o palco e executa a sua rotina. Mas para aprender a posar eficazmente em um concurso, você precisa compreender algo sobre como as competições de fisiculturismo são organizadas e conduzidas.

A Federação Internacional de Fisiculturismo (IFBB – International Federation of Bodybuilding) permite competições amadoras internacionais e eventos profissionais autorizados. Nos eventos amadores, os competidores são divididos em oito classes:

  • peso galo
  • peso leve
  • peso médio
  • peso pesado leve
  • peso pesado
  • peso superpesado

Nos concursos profissionais, não há oito classes. Todos os competidores são colocados em uma mesma categoria, independente do tamanho. No passado, a altura era usada em vez do peso para determinar a classe de cada competidor. Contudo, ao longo do tempo chegou-se à conclusão de que usando o peso criava-se um grupo mais homogêneo de competidores, com mais semelhança no desenvolvimento do que quando se usava a altura.

Mister Olympia 1991
Mister Olympia 1991

Até 1980, os eventos profissionais da IFBB eram conduzidos em duas categorias de peso, com 90 kg sendo a linha divisória, e os ganhadores em cada categoria competiam entre si em um concurso de poses pelo título global. Contudo, em um evento importante como o Mister Olympia, isto significava que os juízes tinham todo o tempo que precisavam para comparar os competidores em cada classe, mas apenas alguns minutos para determinar qual dos ganhadores por categoria deveria levar o desejado título de Mr. Olympia. Se todos os competidores, independente do tamanho, competirem em uma só categoria, parece ocorrer uma certa desvantagem com os fisiculturistas de menor tamanho, mas isso não é necessariamente o que acontece. Quando os juízes comparam fisiculturistas de diferentes tamanhos por um longo período de tempo, eles são mais capazes de observar a qualidade dos vários físicos no palco, de examiná-los em detalhes e de ver qualquer superioridade de desenvolvimento apresentada pelos menores competidores. Por outro lado, quando fisiculturistas de diferentes tamanhos competem em diferentes categorias e o vencedor geral é escolhido em uma sessão curta de poses, os juízes têm que decidir muito mais rapidamente, e os fisiculturistas maiores, que podem causar uma maior impressão em curto tempo, têm uma clara vantagem.

Mister Olympia 1999
Mister Olympia 1999

Os concursos da IFBB de hoje são divididos em duas partes de quatro rodadas. A primeira parte é o pré-julgamento. O pré-julgamento é clínico e técnico, altamente interessante para os fãs de fisiculturismo, mas não muito divertido para aqueles que não sabem o que estão assistindo. O pré-julgamento consiste em duas rodadas:

Primeira Rodada: Pose Relaxada

A primeira rodada envolve o julgamento dos fisiculturistas de pé, relaxados, mãos ao lado do corpo, de frente, de costas e de ambos os lados. Embora este tipo de pose seja chamado de pose relaxada, os competidores geralmente estão tencionando seus músculos de forma intensa.

Mister Olympia 2000
Mister Olympia 2000

Esta rodada em geral é chamada de avaliação de simetria. De fato, quando você está de pé nesta posição, a simetria, bem como a sua forma e proporção, é o que se observa mais facilmente. Os juízes também olham para coisas como aparência, tom da pele, bronzeado e se a sunga veste bem e se a cor é adequada. Na verdade, a primeira rodada é chamada frequentemente de avaliação global, e isto é mais correto do que simetria. Os juízes devem observar tudo em cada rodada, não apenas simetria e musculosidade. O que faz as rodadas serem diferentes é o modo no qual o corpo é posado e apresentado, o que tende a revelar um aspecto do físico mais do que os outros.

Segunda Rodada: Poses Compulsórias

Na segunda rodada, os fisiculturistas passam por uma série de poses compulsórias criadas para mostrar aos juízes seus pontos fortes e pontos fracos específicos. Estas poses são:

  • bíceps duplo frontal
  • abertura lateral frontal
  • tórax lateral
  • bíceps duplo de costas
  • abertura lateral de costas
  • tríceps de lado
  • abdominais e coxas com mãos sobre a cabeça

As poses compulsórias não foram programadas para serem bonitas ou fazer o corpo parecer estético. Elas são programadas para dar aos juízes um aspecto clínico frio do corpo, realçar os pontos fortes e expor as fraquezas. E como esta é a rodada que tende a dar aos juízes uma impressão duradoura do seu físico, ela pode ser a mais importante da apresentação. Portanto, praticar as poses repetidamente, às vezes, até que os músculos comecem a ter cãibras, é absolutamente necessário para fazer o melhor em um concurso da IFBB.

Mister Olympia 2000
Mister Olympia 2000

A segunda parte do concurso é a final, ou o “show noturno”, já que geralmente ela é realizada à noite; o pré-julgamento muitas vezes acontece pela manhã ou à tarde. As finais consistem de:

Terceira Rodada: Pose Livre

Nessa rodada, você executa a sua própria rotina de poses com a sua escolha musical. Você executa as poses que são mais elogiadas, do modo que melhor exiba o seu corpo, enquanto ao mesmo tempo disfarça estar evitando mostrar alguma parte do seu corpo (a qual inevitavelmente irá chamar a atenção dos juízes para o que se está tentando esconder). Na sua própria rotina de poses, você pode executar qualquer pose que desejar – poses com giros, poses ajoelhados e com afastamento de pernas, belas poses estéticas ou eminentemente musculares. Em alguns concursos amadores, há um limite de tempo para a sua rotina de poses, talvez apenas 1 minuto, enquanto os profissionais podem usar o tempo que quiserem. Na segunda rodada, você faz as poses que os juízes desejam ver, do jeito que eles querem. Mas na terceira rodada, você tem a oportunidade de dizer aos juízes, “Primeiro nós olhamos o meu físico do seu modo; agora, deixe-me mostrá-lo como eu quero que vocês o vejam”. Aqui é onde você deixa a sua personalidade e criatividade brilharem. Você pode aparecer potente, confiante, energético e imaginativo – ou apagado, previsível e cansativo. Tudo depende de você.

Quarta Rodada: Sequência de Poses

Ao final do concurso, os fisiculturistas que estão liderando dão aos juízes uma olhada final de seus físicos em uma rodada de poses, onde eles posam livremente juntos no palco, executando poses de comparação e, às vezes, se acotovelando para fora do palco, na tentativa de ganhar um ponto extra dos juízes. Você realmente não tem a oportunidade de executar a sua própria rotina de poses nesta rodada, mas você deve tentar fazer as suas melhores poses e evitar uma comparação direta com outros competidores que podem ter certas partes do corpo melhores do que a sua. Por exemplo, no concurso de Mister Olympia de 1981, eu me lembro de um competidor, que na sequência de poses correu pelo palco, ansioso para ficar ao lado de Tom Platz nas poses de pernas. Por que você iria querer executar poses de pernas próximo ao fisiculturista que tem as pernas mais impressionantes do esporte?

Aquele fisiculturista devia estar delirando ou se autodestruindo, pois, ao pensar que estava fazendo uma coisa, revelava outra, dizendo aos juízes: “Olhe, minhas pernas não são tão boas quanto as do Tom”.

1 comentário até o momento. - O que você pensa?

Gravatar

Nayla

25 de junho de 2013

17:57

amo fisiculturismo …. bom saber dessas informações

Comente!