Arquivo confidencial: Descobrindo o verdadeiro Arnold Schwarzenegger – Parte 1

Arnold Schwarzenegger é reconhecido pelos fãs do fisiculturismo como o maior campeão de todos. A margem de suas vitórias nunca foi pequena. Surge a pergunta: Como Arnold Schwarzenegger se transformou de um garoto magro e frágil no fisiculturista mais popular do mundo? O que o tornava tão especial?

Arnold Schwarzenegger

Nesta série de artigos nós vamos tentar identificar as razões específicas do incomparável sucesso de Arnold Schwarzenegger. Nós vamos apresentar fatos a respeito de sua família e educação, analisar as suas estratégias de treino e dieta, comentar o seu perfil psicológico e examinar o sistema de apoio que o possibilitou perseguir este sonho de se tornar o homem com o melhor desenvolvimento do mundo. No fim, esperamos determinar se o corpo conquistado por Arnold foi fruto da natureza ou de sua nutrição e dos seus treinos, estratégia ou sorte, ou partes iguais de cada fator.

Além disso, vamos tentar mapear a sua fórmula vencedora de maneira clara e concisa para que você possa utilizar como um modelo nos seus objetivos no fisiculturismo. Em outras palavras, vamos fazer o nosso melhor para capturar um raio e por numa garrafa. Como você vai utilizar esse poder, depende de você.

Influências Iniciais

Arnold Alois Schwarzenegger nasceu em 30 de Julho de 1947, no povoado de Thal bei Graz, na Áustria. Filho de Gustav e Aurelia Schwarzenegger. Ele nasceu um ano depois da sua única irmã Meinhard (que morreu em um acidente de carro em 1971). A Segunda Guerra Mundial terminou dois anos antes do nascimento de Arnold, e a Áustria estava começando a sentir o gosto da democracia desde Anschluss (quando Hitler anexou a Áustria como sendo uma província da Alemanha) em 1938. O orgulho nacional austríaco estava no ponto mais alto e os ideais de independência se tornaram um imperativo nacional. Na época do nascimento de Arnold, Gustav Schwarzenegger, um homem alto e atlético, estava trabalhando como chefe de polícia em Thal. Ele acreditava na disciplina e ordem para os cidadãos da cidade e também para seus dois filhos. Desde muito cedo Arnold aprendeu a obedecer às exigências de seu pai com precisão militar. Ele também foi incentivado a competir pelo seu pai que colocava seus filhos um contra o outro em várias competições de atletismo. Mais frequentemente do que não, o jovem e pequeno Arnold terminava em segundo, ganhando a desaprovação de seu pai. Gustav também foi um forte defensor do ideal grego “mente sã, corpo são”. Ele colocava os filhos em um regime agressivo de exercícios físicos e mentais. Toda manhã, os irmãos Schwarzenegger tinham que fazer calistenia (exercícios de relaxamento) antes de se sentarem à mesa para tomar o café da manhã. Eles ficavam impressionados com a importância que seu pai dava por serem adeptos da prática de exercícios. Gustav foi campeão de curling. Devido ao incentivo, desde muito novo Arnold esteve envolvido em uma variedade de esportes, incluindo futebol, corrida, boxe e natação.

Gustav colocava regularmente seus filhos em uma batalha de calistenia mental, atribuindo-lhes ensaios sobre temas de sua escolha, como complemento das suas atividades escolares regulares.

Arnold Schwarzenegger

Se Arnold falhasse em cumprir o que era exigido por seu pai, tanto em casa quanto na escola, ele era submetido à disciplina física. Enquanto Gustav provava ser um verdadeiro chefe, Aurelia Schwarzenegger fornecia ao jovem Arnold apoio e amor incondicional. Apesar de ter apoiado Gustav em seus esforços para capacitar Arnold, sua própria abordagem para a educação era mais suave.

Foi com 15 anos de idade quando Arnold jogava futebol que ele foi apresentado ao treino com pesos, em 1962, como um meio de aumentar a força nas pernas. Com uma olhada para os fisiculturistas treinando na Athletic Union Gym em Graz, que Arnold soube que estava destinado a seguir aquele caminho. Foi com a ajuda de membros antigos da academia, como Karl Gerstl e Kurt Manul, que tinham ambos cerca de 30 anos e Helmut Knaur, que tinha 50, que aquele adolescente aprendeu a como treinar para ser um fisiculturista. Estes homens se tornariam mentores e amigos de Arnold. Nessa época, Arnold descobriu as revistas de fisiculturismo, como a MUSCLE BUILDER e a MR. AMERICA, e filmes estrelando atores musculosos, como Steve Reeves, Brad Harris e Reg Park.

Foi então que ele resolveu usar Reg Park como a sua principal fonte de inspiração e um modelo de regras.

Arnold Schwarzenegger

Ele teve tanto sucesso seguindo estas estrelas do fisiculturismo que enquanto usava as técnicas de treino de Park para igualar e exceder seu nível de desenvolvimento acabou formando uma amizade importante neste processo. Foi assistindo Reg Park e outros nos filmes de ação da época que Arnold teve a ideia de se mudar para os Estados Unidos para se tornar um fisiculturista e uma estrela de cinema. Para ele, os Estados Unidos era um lugar de possibilidades ilimitadas, um lugar onde ele poderia abrir as asas além dos limites de onde nasceu, nos confins da Áustria. Arnold tornou-se compelido pela ideia de ser poderoso, não apenas fisicamente, mas de uma maneira holística, como um líder mundial. Ele pensou em se tornar um ícone e nos passos necessários para chegar lá. Ele sabia que o fisiculturismo era para ser mais do que apenas a sua paixão. Seria o primeiro passo em uma vida que ele estava construindo.

Análise

Arnold tem uma notável semelhança facial com sua mãe, mas ele parece ter herdado as proporções de seu pai, bem como seu senso de disciplina. Parece que Gustav deixou pistas do seu passado militar pela maneira que ele criou e disciplinou seus filhos. Arnold tem uma capacidade legendária de se concentrar, gerenciar o tempo, estabelecer e cumprir metas que foi certamente fomentada por seu pai. Arnold era condicionado por competir desde muito jovem. Para uma criança, competir contra um irmão mais velho pode parecer uma tarefa impossível. É lógico que foram estes jogos que deram ao Arnold confiança para ir contra qualquer e todos os adversários – desde o fisiculturista Sergio Oliva até o político Gray Davis. O toque de amor de Aurelia Schwarzenegger pode ser visto na intensa lealdade de Arnold por seus amigos.

Muitos dos seus camaradas lá do começo no fisiculturismo hoje são seus confidentes.

Arnold Schwarzenegger

A sua capacidade de formar laços fortes com pessoas de confiança foi extremamente importante. Arnold cercou-se de fisiculturistas mais velhos e experientes desde o começo de sua própria carreira no fisiculturismo. Isso não apenas acelerou a sua curva de aprendizado como também o ajudou a amadurecer rapidamente, tanto mentalmente quanto fisicamente. Arnold era orientado e focado nos seus objetivos desde o começo. Ele olhou para Reg Park não como um ícone intocável, como muitos fãs jovens fazem com seus ídolos, mas como alguém que provou que um objetivo poderia ser alcançado. Se Reg Park conseguiu, por que ele não conseguiria? Arnold criaria ainda mais impulso por alcançar seus objetivos no fisiculturismo aspirando grandes conquistas também fora do esporte, usando o sucesso como uma ferramenta. Ir para os Estados Unidos, se tornar uma estrela de cinema e um líder influente – por estes destinos o fisiculturismo foi um meio para um fim, bem como um fim em si.

Resumo

Por uma série de eventos como a localização geográfica, genética abençoada e modificação comportamental, Arnold Schwarzenegger era dotado de um kit de ferramentas quase ideal para entrar no mundo do fisiculturismo. É impossível dizer a importância exata que esses elementos tiveram na formação do fisiculturista ou do homem. No entanto, deve se notar que por crescer em uma aldeia na Áustria, Arnold não foi exposto a sutilezas que seus ídolos Americanos tinham, como academias modernas. No entanto, ele usou suas desvantagens como motivação para chegar nos Estados Unidos, alcançar o sucesso em todas as áreas que esteve e se tornar este grande homem.

A lição para ser aprendida é que você como um indivíduo com a sua própria série de influências, precisa pegar as cartas que foram dadas inicialmente e torná-las uma mão vencedora, como Arnold fez.

1 comentário até o momento. - O que você pensa?

Gravatar

Valéria

16 de janeiro de 2013

14:12

Li todas as 4 partes da matéria sobre o Arnold…. achei tudo fantástico, a escrita muito boa e a história tbm, claro!
Adorei mesmo saber sobre o treino, alimentação e vida do Arnold.
Parabéns pela matéria!!

Comente!