Após a Competição

Lee PriestQuem quer que tenha inventado a expressão “virar porcos” devia estar pensando no modo como alguns fisiculturistas reagem quando o concurso acaba e eles se sentem livres das restrições alimentares. Em alguns casos, o “frenesi alimentar” pode ser tão intenso que até mesmo os fisiculturistas que não competiram se envolvem nele, experimentando um tipo de “loucura” e começam a empurrar comida para dentro como se eles estivessem feito uma dieta extrema por 12 semanas.

Esse tipo de comportamento é compreensível, mas às vezes não é recomendável. Certamente, após tanta dieta, uma boa refeição não será prejudicial, além de provavelmente lhe fazer muito bem. O seu organismo pode absorver as calorias adicionais sem muita dificuldade, desde que você se mantenha em níveis razoáveis. Mas você deve sempre ter em mente que os próximos dias serão oportunos e ideais para fazer fotos do seu físico. Por isso, acabar a sua definição por uma alimentação indisciplinada pode ser um problema. Joe Weider sempre disse aos fisiculturistas, “O seu trabalho não acaba ao final do concurso. Sair-se bem em uma competição lhe dá a oportunidade de fazer fotos para revistas e isso significa que você deve tentar se manter em forma por mais uma semana.”

Nem todos têm a oportunidade de fazer fotos para a Muscle & Fitness, Flex, Iron Man ou Muscle Mag International, mas se você o fizer deve tirar vantagem disso. Se não o fizer, você certamente irá encontrar alguém para fazer algumas fotos – talvez externas em um parque ou piscina – que pelo menos irá lhe dar um bom registro do seu aspecto naquela competição. Mas há outro motivo para não exagerar na alimentação, você levou tanto tempo para deixar o seu corpo tão maravilhoso, porque então não manter a sua disciplina e aproveitar esse corpo mais um tempo? E não apenas isso, quanto mais você controlar o seu corpo entre os concursos, mais fácil será a sua próxima dieta.

Ainda não existem comentários.

Comente!