Algo para se pensar…

Estou no mundo da musculação desde Dezembro de 2001. Pode ser considerado pouco tempo para quem treina há 20 anos, para eles sou talvez um embrião, e não falo de tamanho, peso e medidas… Com o tempo percebi que o nosso esporte é muito mais do que isso, lamento não ter descoberto mais cedo. Falo sobre experiência e conceitos. Lembro de que os primeiros dois anos praticando musculação os meus pensamentos e teorias eram o oposto do que penso, acredito e sigo atualmente. Mas é algo a aceitar, não tinha experiência, era muito novo.

Pensam que sabem… Pensam que treinam…

O fato é que eu pensava que treinava muito, que acreditava ter encontrado o ponto certo e era só o tempo que me faria evoluir. O tempo foi passando, conheci muita gente e estou rodeado de amigos e conhecidos, e percebo que eles também pensam que sabem… que sabem o caminho certo, alguns pensam que são donos da verdade… pensam que treinam… que treinam duro o bastante, pesado o bastante, intenso o bastante. Tantos pensamentos me fez parar para refletir… refletir… e refletir.

Algo para se pensar...

Refletindo…

Descobri que na verdade eu não sei nada e mesmo que soubesse devo seguir esta linha de pensamento, porque amanhã, daqui um ou cinco anos com certeza vou me lembrar do que faço atualmente e terei a certeza de que não fazia nada, a mesma certeza que tenho hoje olhando para o passado. Talvez quem está muito a frente de mim já sabe que eu não sei e não faço nem a metade do que penso que faço.

Exemplos aplicados ao bodybuilding

  • O fato de andar “estufado” com uma regata apertada, quando está chegando em 40 cm de braço;
  • A idéia de que começou um ciclo e é um ser superior;
  • Não ouvir ninguém, não ler, não procurar informação com quem está nessa estrada a mais tempo;
  • Achar que isso tudo é questão de aparência, não entender a essência do esporte, talvez por fazer um exercício errado com 100 kg para impressionar (quem? eles ou você mesmo? treine para você!) mas na verdade ter força para fazer DE VERDADE com 50;
  • Pensar que sabe alguma coisa porque está nessa “jornada” a 7 anos e tem um site sobre bodybuilding, e com isso achar que pode ajudar alguém;

Pare de pensar e faça!

Escrevi este artigo para tentar “acordar” algumas pessoas de erros que elas cometem. Agora vou fazer um último pensamento geral, vou me perguntar: Será que não posso melhorar? Há algo para mudar? Disciplina, dedicação, foco? Quero que seja possível parar de dizer a mim mesmo: “Nossa, eu fazia aquilo?” ou então “Como não pude perceber o que estava diante de mim?” Este texto será mais bem compreendido por pessoas que sabem o que é treinar de verdade, quem apenas “malha” certamente não irá captar a mensagem.

Ainda não existem comentários.

Comente!