A natureza geral do exercício

Uma razão muito boa para treinar é que o corpo não é obrigado a receber atividade física o bastante para se manter sintonizado e responsivo. Cem anos atrás nós tínhamos que fazer tudo com nossos corpos. Nós tínhamos que andar até uma fazenda para conseguir leite, nós trabalhávamos para obter madeira e pedras para a construção de uma casa. Tínhamos que trabalhar com nossas próprias mãos, correr, rastejar por baixo de coisas, nadar. Os esforços do dia a dia mantinham o corpo em forma, mas agora que quase tudo é feito com máquinas, as pessoas tornaram-se preguiçosas. Eu sou tão culpado como qualquer um: Eu dirijo meu carro para o supermercado para comprar comida.

ArnoldSe nós não fizermos nenhum exercício para estimular os músculos, eles se deterioram. É por isso que hoje existem muitas lesões desnecessárias. As pessoas pegam algo pesado e colocam nas suas costas. As esposas ao arrumar a cama deslocam um ombro. Os caras tentam trocar o pneu de um carro e rompem um bíceps. Por quê? Porque o corpo não está preparado. Isso por si só é uma boa razão para praticar musculação.

No corpo humano existem mais de 600 músculos, que são feitos de aproximadamente 100 bilhões de fibras musculares; nós não estamos cientes de muitos destes músculos, músculos que fazem os dedos fechar e que são responsáveis pela força da mão, músculos que abrem as pálpebras, músculos que trabalham tão automaticamente que você nunca os sentiu antes. De fato, o corpo humano é mais do que metade músculo. Os músculos são usados nos movimentos que nós fazemos. Eles propelem os alimentos ao longo do trato digestivo, sugam o ar para os pulmões, apertam os vasos sanguíneos para aumentar a pressão arterial quando necessário para atender uma emergência. A primeira coisa que me chamou a atenção no bodybuilding foi perceber que através de exercícios de resistência com pesos eu poderia estimular cada músculo do corpo. Eu poderia estar no controle dele, e não ser apenas uma vítima das suas fraquezas.

A maioria das pessoas tem conhecimento apenas dos músculos que usam no dia a dia. Quando você faz movimentos incomuns ou usa o seu corpo de forma inusitada, você sente músculos que ao menos sabia que existiam. Eu vi pessoas escalarem uma montanha pela primeira vez – cinco quilômetros de caminhada e escalada, e no dia seguinte elas desceram e disseram: “Uau, minhas panturrilhas estão lesionadas… Minha parte inferior das costas está dura.” Foi a primeira vez que sentiram as suas panturrilhas ou o inferior das costas em toda a sua vida. Elas nunca sequer pensaram no fato de terem músculos nesses lugares.

Lembro de certa vez que minha mãe estava levantando um colchão pesado para arrumar a cama e ela sentiu seu bíceps. Esta foi a primeira vez que ela teve consciência de que tinha um bíceps. E no mesmo momento ela estava horrorizada porque eu estava fazendo musculação, que eu estava ansioso para ficar em forma, para evitar tais lesões.

A maioria das pessoas prefere deixar seus músculos permanecerem anônimos. Elas assumem que o corpo só se move. Então são confundidas quando algo dá errado. Um dos benefícios do fisiculturismo é que deixa você ciente de todos os seus músculos. Você começa a ficar dolorido em certas partes do corpo quando treina.

Você percebe que o corpo é uma máquina extremamente complexa. Por esse motivo, é muito importante quando você está fazendo seus primeiros treinos, estabelecer as bases para o futuro, que você está realmente sensível e sintonizado com a dor. Lembre-se da dor e conecte-a em sua mente com o exercício que você estava fazendo. Isso irá ajudá-lo mais tarde, a saber, que quando você treina algumas áreas que você deve se concentrar em um tipo específico de exercício e o fazer de uma maneira específica. Desde o início, você deve ver a dor como algo positivo, como um sinal de construção, de crescimento.

Ainda não existem comentários.

Comente!